Conheça a trajetória, Solange Freitas, mãe, professora e jornalista

Solange Freitas, iniciou na faculdade de Jornalismo, em 1988, Solange tinha acabado de passar pela maior tristeza da vida: a mãe morreu com leucemia. Na época, a jornalista já tinha concluído o Ensino Médio, mas como optou pelo Magistério, o curso era de 4 anos. Então, Solange fazia o quarto ano do Magistério pela manhã, estágio em escolas à tarde e o primeiro ano de faculdade à noite. Sempre mostrando a marcante garra e disposição.
 
No último ano do curso de jornalismo, Solange resolveu se jogar de cabeça nesse novo desafio. Sempre com o sonho de exercer a profissão e, ao mesmo tempo, ajudar as pessoas. Morando em São Vicente após o casamento, conquistou o primeiro emprego na TV Litoral (que depois virou Santa Cecília), na cidade. Lá ela passou por todas as funções numa emissora de televisão.

Durante sua passagem pela emissora Solange engravidou e trabalhou até ter o filho, que nasceu em novembro de 1993. Foi aí que Solange Freitas deixou o lado ‘jornalista’ de lado e passou a se dedicar única e exclusivamente ao filho, em tempo integral.

Quando voltou a exercer o papel de jornalista, conquistou uma vaga na TV Brasil (SBT), onde ficou por pouco mais de sete anos. Depois passou pela Band Litoral, Tri TV e, em seguida, foi para a TV Tribuna, afiliada da Rede Globo na Baixada Santista e Vale do Ribeira.

Em meio a tudo a isso, também trabalhava na Rádio Jovem Pan, onde foi produtora e apresentadora de um programa jornalístico às 6 da manhã durante quatro anos.

Como repórter da TV Tribuna, participou de muitas coberturas jornalísticas da região. Como, por exemplo, a tragédia em Itaóca, no Vale do Ribeira, onde 26 pessoas perderam a vida e quase todo um bairro foi dizimado. Teve o acidente envolvendo mais de 300 veículos na Rodovia dos Imigrantes, o incêndio de nove dias na Ultracargo, o fechamento da Ponte dos Barreiros em São Vicente, deslizamentos em Guarujá, matando dezenas de pessoas e, ainda, fez muitas reportagens nas quais mostrou problemas que foram resolvidos após as cobranças.

Sempre foi conhecida como a repórter combativa, que luta pelos direitos das pessoas. Que dá voz à população e que cobra as autoridades sem medo. A indignação e a vontade de poder ajudar as pessoas ainda mais, de maneira mais efetiva, foi o que a fez sair da TV Tribuna, em 2020, e partir para o desafio político.
 
Na política, Solange quer poder servir a população, ouvindo a comunidade e dando voz às suas necessidades, assim como fazia enquanto jornalista. Por isso decidiu se candidatar a Prefeita de São Vicente, vencendo no 1° turno e ficando em segundo lugar no 2° turno com mais de 70 mil votos.
 
Para continuar lutando e ajudando a população, Solange foi convidada pelo secretário de Desenvolvimento Regional do Estado Marco Vinholi a assumir o cargo de Subsecretária de Assuntos Metropolitanos de São Paulo, para fazer um trabalho de aproximação das cidades com o Estado, levando projetos e reinvindicações da sociedade civil e terceiro setor, beneficiando comunidades e desenvolvendo a região metropolitana.

Solange Freitas é mãe, professora, jornalista, bacharel em Direito e em 2020 foi candidata a prefeita de São Vicente. Ela nasceu em Santos, no litoral paulista.

Assessoria: Xênia D’andrade

AllEscortAllEscort