“Dezembro Vermelho”: plataforma libera 5 filmes aclamados pela crítica e pelo público para serem degustados no natal

A FILMICCA, Plataforma de streaming de cinema de arte mundial, que substituiu recentemente as marcas Supo Mungam Films e Supo Mungam Plus, traz para seus assinantes nesta sexta (10/12), a comédia francesa” A Batalha de Solférino”, de Justine Triet com Laetitia Dosch, Vincent Macaigne e Arthur Harari, e o drama fantástico argentino que fez parte da Seleção Oficial do Festival de Veneza, “Cisne Elétrico”, de Konstantina Kotzamani. O filme traz um micro retrato surreal de Buenos Aires.

Já para os não assinantes que querem conhecer a Plataforma, a Filmicca traz o “Dezembro Vermelho”: cinco filmes aclamados pela crítica e público para serem degustados gratuitamente no último mês do ano. O espanhol “Verão 1993” de Carla Simón e o americano “O ano de 1985” de Yen Tan ficam disponíveis até o dia 31/12. O turco “O Conto das Três Irmãs” de Emin Alper, o alemão “Senhora Stern” de Anatol Schustere, e o clássico lituano, “A Bela Garota” de Arunas Zebriunas estarão liberados a partir do dia 13/12 até 31/12.

A FILMICCA é uma plataforma e um streaming nacional de cinema de arte mundial, do clássico ao contemporâneo, com estreias de filmes exclusivos, lançamentos inéditos, obras dos grandes festivais, clássicos restaurados e muito mais. Disponível para assinatura em todo o Brasil, a plataforma pode ser acessada na web e através dos apps para iOS, Android, Apple TV e Samsung Smart TV. FILMICCA: seu universo fílmico em um streaming único!

A plataforma também tem novidades nos planos de assinatura: o plano mensal passa para R$19,90, antes era R$23,90 e o anual terá um valor promocional de R$120,00, por tempo limitado. Depois o valor volta a ser R$199,90. O assinante tem acesso até 4 telas simultâneas e sem anúncios. Quem já era assinante da antiga plataforma terá os valores atualizados e poderão acessar a FILMICCA com as mesmas credenciais que acessavam a Supo Mungam Plus.

Serviço:

Onde assistir: A partir de 12/11/2021 no site www.filmicca.com.br ou nos apps* para Android (smartphone e tablet), iOS (iPhone e iPad), Apple TV e Smart TVs Samsung (Tizen). Chromecast disponível no app Android e AirPlay disponível no app iOS.

*Cada app tem um prazo de atualização própria, portanto pode ser que nas lojas da Google Play Store e App Store ainda conste o app com o nome de Supo Mungam Plus, que pode ser baixado normalmente. A atualização do app ocorrerá automaticamente.

Confiras as sinopses das estreias:

10 de dezembro
A BATALHA DE SOLFÉRINO, de Justine Triet
com Laetitia Dosch, Vincent Macaigne e Arthur Harari
La Bataille de Solferino | França | 2013 | Comédia Dramática | 94 min | 14 anos

Em 6 de maio de 2012, o dia do segundo turno das eleições presidenciais francesas, a jornalista Laetitia está saindo de casa atrasada para sua missão na cobertura dos eventos na Rue de Solférino, sede do Partido Socialista, quando Vincent, seu ex-marido, aparece um dia atrasado para visitar suas duas filhas.

Em seu primeiro longa-metragem enormemente promissor, uma comédia muito engraçada de desconforto impregnada de uma energia documental, a diretora Justine Triet opõe microproblemas sociais ao macro corpo político da França, tudo no contexto de um dia maluco em Paris. Indicado para Melhor Primeiro Filme no Prêmio César e escolhido como um dos Melhores Filmes de 2013 pela Cahiers du Cinéma.

CISNE ELÉTRICO, de Konstantina Kotzamani
com Juan Carlos Aduviri, Nelly Prince e Elisa Massino
Electric Swan | Argentina/França/Grécia | 2019 | Drama/Fantasia | 40 min | 14 anos

Na Avenida Libertador 2050, um prédio se move e o teto estremece, causando uma estranha náusea que devora seus moradores. Os que vivem no topo têm medo de cair, os que vivem embaixo têm medo de se afogar. CISNE ELÉTRICO é um micro retrato surreal de Buenos Aires. A arquitetura ressoa com o mapa emocional dos residentes e as diferentes classes sociais governam a geometria da cidade. O prédio estremece porque seus moradores também tremem… sonham, odeiam, amam, choram, abrem buracos nas paredes, dançam e desmaiam sob o feitiço do Lago dos Cisnes. O filme marca o nome de Konstantina Kotzamani como uma diretora para se acompanhar.

AllEscortAllEscort